Buscar
  • Bruno Lima Wanderley

Transportando Informações Na Rede: Como os Protocolos Fazem?


Quando você quer testar a velocidade da sua rede, sabia que é importante ter uma ideia de como se comportam certos protocolos? Especialmente os da camada de transporte que mencionei anteriormente. Quais são eles?

O protocolo TCP e o protocolo UDP.

Dispositivos da rede, como roteadores, enviam pulsos elétricos ou de luz, no caso do uso de fibras ópticas, essas informações são convertidas de pulsos para dados propriamente ditos. Ou seja, aquele monte de 1's e 0's se transformam em um vídeo no YouTube ou naquele post no Facebook que você tanto deseja ver (ou não).

Quando você vai enviar uma informação de um ponto para o outro, é preciso uma série de cabeçalhos para que essa informação seja enviada. É como se a informação fosse uma carta e o computador precisa de envelopes para colocar as cartas. Lógico, cada envelope vai ter um endereço com CEP, cidade, estado, número e apartamento (se for o caso).

É assim que a mensagem é enviada para a rede! Cada camada põe o seu envelope.

Começando pela camada de transporte. Ou seja, de cima para baixo. Veja abaixo:

Tudo começa na camada de transporte (seja no modelo OSI ou TCP/IP). E depois as demais camadas põem as suas informações. Em outras palavras: uma camada põe o país, outra põe, o estado, a próxima coloca a cidade e finalizamos com a camada que vai colocar o número e o apartamento. Essa última camada é a camada de transporte!

Veja a definição dos dois protocolos principais da camada de transporte de acordo com a CCM.NET:

O protocolo UDP

O UDP é um protocolo voltado para a não conexão. Simplificando, quando uma máquina A envia pacotes para uma máquina B, o fluxo é unidirecional. Na verdade, a transmissão de dados é feita sem prevenir o destinatário (a máquina B) que, por sua vez, recebe os dados sem avisar ao transmissor (máquina A). Isso se deve ao fato de o encapsulamento dos dados enviados pelo protocolo UDP não permitir transmitir informações sobre o emissor. Portanto, o destinatário não conhece o emissor dos dados, apenas seu IP.

Em outras palavras, você envia a informação e "seja o que Deus quiser". Não há garantia nenhuma de entrega, mas é um protocolo super rápido. Bom pra você fazer aquela chamada no WhatApp sem atraso nenhum.

O protocolo TCP

Ao contrário do UDP, o TCP é voltado para a conexão. Quando a máquina A envia dados para a máquina B, a máquina B é notificada da chegada dos dados e confirma a boa recepção dos mesmos. Aqui, intervém o controle CRC dos dados, baseado em uma equação matemática para verificar a integridade dos dados transmitidos. Assim, se os dados recebidos estiverem corrompidos, o TCP permite que os destinatários peçam ao emissor que reenvie-os.

Simplificando: é um protocolo que garante confiabilidade nas comunicações. É ele que quando você vai abrir uma página no Chrome e o seu Wi-Fi tá uma porcaria te salva e consegue abrir a página perfeita. Mesmo que isso demore uns segundos a mais. É o protocolo bom para fazer aquele download sem erros.

Ou seja, por trás daqueles pulsos elétricos/luz que comentamos lá no início, tem muita coisa envolvida para que seu navegador web funcione ou para que aquela conversa via WhatsApp chegue sem problemas.

Grande abraço!


231 visualizações
Tags

Curso Redes de Computadores, Redes Wireless, Redes Wi-Fi, curso redes wireless, curso de redes.