Buscar
  • Bruno Lima Wanderley

Como Gerencio Centenas de Roteadores Wireless de Uma Só Vez?


Em redes wireless de grande porte, como em aeroportos e hotéis, é um desafio para o profissional de tecnologia manter as melhores configurações de cada access point e o desempenho geral da rede.

Imagina você, analista de suporte, tentando configurar a segurança e os canais de cada um dos 200 roteadores wireless lá da sua empresa? É aí que entra a figura da controladora, também chamado de controller. Esta será o ponto central de gerenciamento dos access points da rede, enviando as configurações necessárias aos mesmos, sendo que ela pode ser tanto um software quanto um hardware específico.

Assim, o controller manda todas as informações necessárias para cada roteador wireless, que são chamados muitas vezes de thin access points, pois eles não possuem tantas funções como um roteador wireless doméstico. Os access points domésticos tem funções adicionais como atribuir endereços IP, receber o sinal do modem da operadora de internet e outras coisas. O thin access point só recebe as informações que vêm do controller e "manda para frente". Ou seja, ele não tem tanta coisa para se preocupar. Quem se preocupa com segurança, canais, gerenciamento de usuários e outros aspectos é a controladora.

O protocolo responsável em fazer essa troca de informações entre os thin access points é o CAPWAP.

Exemplo de hardware de uma controladora Cisco

O Control and Provisioning Wireless Access Point (CAPWAP) é um protocolo definido pela RFC 5415 que define mensagens de controle, operação e autenticação de redes sem fio. Ou seja, através desse protocolo e das controladoras podemos configurar e manter uma rede em uma universidade, em uma empresa de grande porte e assim vai.

Com o controller configurado junto com o CAPWAP, basta que o novo access point, ou thin access point como também são chamados, sejam conectados na rede para que todas as configurações necessárias à rede sejam incluídas. Encontramos o protocolo em equipamentos para redes wireless corporativas como as controladoras Cisco 3504 e o TP-LINK AC500. Estas controladoras podem operar, respectivamente, com access points Cisco Aironet Series e linha TP-LINK CAP1750 e suas variantes.

Topologia típica de uma rede wireless corporativa

Assim que um novo AP é fisicamente conectado à rede, ele informa ao controller sobre a sua existência através da mensagem CAPWAP discover request. O controller responde com discovery response. Neste momento ambos estabelecem uma conexão segura através do protocolo Datagram Transport Layer Security (DTLS).

As trocas de mensagens do protocolo se dividem em dois planos: de dados (5246/UDP), encapsulando os dados dos usuários e controle (5247/UDP), contendo informações sobre o gerenciamento da rede.

Segundo a RFC 5415, as mensagens do plano de controle são obrigatoriamente trafegadas usando DTLS, diferentemente do plano de dados que é opcional.

Protocolo CAPWAP e seus planos de controle e dados (Cisco)

Com o constante aumento nas possíveis aplicações das redes wireless, é fundamental que o profissional de tecnologia tenha a rede automatizada. Facilitando a expansão e a inserção de novos serviços que certamente irão surgir nos próximos anos.

Referências

https://tools.ietf.org/html/rfc5415

Cisco 3504 Wireless Controller disponível em: https://www.cisco.com/c/en/us/products/wireless/3504-wireless-controller/index.html

https://www.cse.wustl.edu/~jain/cse574-10/ftp/capwap/index.html


383 visualizações
Tags

Curso Redes de Computadores, Redes Wireless, Redes Wi-Fi, curso redes wireless, curso de redes.