O "ABC" da Radiofrequência (2) - Antenas


Vocês provavelmente percebeu que em quase todo equipamento de rádio vemos uma antena. Ela tem vários formatos e tamanhos, dependendo da frequência que ela vai receber. A antena pode ser longa (como dos rádio táxi antigos) ou algo meio bizarro como um disco para transmissão via satélite.

A ideia atrás da antena em um transmissor de rádio é lançar ondas de rádio no espaço. Aí, lá na recepção, vai ter outra antena dando o melhor de para receber esse sinal de forma com que a informação seja entendida com sucesso. Para os satélites, por exemplo, precisamos de uma antena com uns 60 metros de diâmetro (!). Abaixo vemos algumas do parque de antenas da StarOne no Rio de Janeiro (notar a pose do modelo).

Normalmente, o tamanho da antena está ligada à sua frequência de operação. Lembra: quanto maior a frequência de operação, menor o comprimento de onda. Ou seja, se o comprimento de onda é menor, a antena necessária também é menor.

E como as antenas funcionam?

Imagina que eu esteja gravando uma videoaula e queira transmiti-la, ao vivo, via YouTube. Primeiro eu terei que usar um microfone para capturar o som da minha fala e converter isso em pulsos elétricos. Pego esses pulsos elétricos (que são convertidos em bits "1s" e "0s") e faço eles voarem através de uma antena de metal.

Á medida que os elétrons, que são partículas minúsculas dentro dos átomos, oscilam para frente e para trás na antena, cria-se uma radiação eletromagnética em forma de ondas de rádio. É mais ou menos isso aqui:

Imagina que os pontos vermelho e azul são os "1s" e "0s" que vamos transmitir. Chegando no transmissor, ele transforma isso em ondas (em verde) e jogar para a antena transmitir. Lembra, estou sendo simplista.

Em suma: A informação é convertida em "1s" e "0s", enviada para o rádio que vai repassar isso para a antena. A informação será transmitida pelo ar e recebida por uma outra antena onde um outro rádio vai processá-la e converter de novo para "1s" e "0s".

"Show professor! Então vai ter uma infinidade de "1s" e "0s" voando pelo ar. Certo?

ERRADO.

Enfiem uma coisa na cabeça de vocês: o meio físico (ar) é analógico. As pontas, vulgo receptores, é que vão converter de digital para analógico.

O que preciso saber para entender uma antena?

É fundamental que entendamos alguns conceitos como ganho, diagramas de irradiação e polaridade. Explico tudo isso no meu curso "Redes Wireless - Radioenlace". Deixo para vocês a explicação no meu canal no YouTube! Confere aqui:

Grande abraço,

Bruno


Redes Wireless

Redes de Computadores

Satélites

Destaque
Tags
Nenhum tag.
logo youtube
ti com açai
Tags

Curso Redes de Computadores, Redes Wireless, Redes Wi-Fi, curso redes wireless, curso de redes.